Skip to content

Sociedade Brasileira de Telecomunicações

Sobre o Desempenho de Filtros Adaptativos com Coeficientes em Somas de Potências de Dois em Realce de Sinais


Neste artigo, estudam-se os efeitos da representação numérica por somas de potências de dois (SPT) no desempenho de filtros adaptativos para realce de sinais. A representação SPT permite implementar filtros com baixa complexidade computa- cional e, portanto, baixo consumo de energia. Neste trabalho, aproximações SPT dos coeficientes de filtros adaptativos são estudadas considerando os filtros LMS (Least Mean Squares) e RLS (Recursive Least Squares). Consideram-se dois cenários para a aplicação da representação SPT: (i) obtém-se a representação SPT dos coeficientes de filtros já treinados, i.e., quando os filtros adaptativos já convergiram, com o intuito de investigar o deterio- ramento provocado pela aproximação SPT na resposta do filtro; e (ii) a aproximação SPT dos coeficientes dos filtros é realizada no laço de adaptação do algoritmo, visando investigar sua influência na evolução do processo de adaptação. O desempenho de filtros adaptativos em SPT se mostrou satisfatório. Ademais, o emprego de representações SPT no treinamento de filtros adaptativos LMS e RLS mostrou-se viável, desde que uma complexidade mínima (quantidade de termos SPT) seja imposta.

Autores :

Estatatísticas de Acesso

Loading...

Total de visitas: 13
Loading...

Downloads do artigo: 4

Voltar