Skip to content

Sociedade Brasileira de Telecomunicações

Criação de modelos estocásticos para a síntese de vogais considerando os pulsos glotais de Rosenberg e de Liljencrants-Fant com parâmetros unificados


Na produção da voz, a variação dos comprimentos dos ciclos glotais em relação a um valor médio causada pelo movimento (quase) periódico das cordas vocais gera o fenômeno aleatório conhecido por jitter. Seu estudo é importante devido a aplicações como a identificação de patologias relacionadas à voz, melhoria da naturalidade da voz sintetizada e a calibração de algoritmos de processamento de sinais para identificação de ciclos glotais. O objetivo deste trabalho é propor modelos estocásticos para a produção da voz, com geração do jitter, considerando a variação instantânea do intervalo de tempo glotal como um processo estocástico. Sinais de vozes são sintetizados com baixos níveis de jitter, vozes normais, e com níveis de jitter mais altos, gerando vozes roucas.

Autores :

Estatatísticas de Acesso

Loading...

Total de visitas: 4
Loading...

Downloads do artigo: 1

Voltar