Skip to content

Sociedade Brasileira de Telecomunicações

Um algoritmo de seleção de canal em redes mesh sem fio cognitivas


A escassez do espectro de frequência tem sido pauta das agências reguladoras de vários países e de esforços de órgãos de padronização para criar sistemas com capacidade de atuar de forma secundária em espectros já licenciados, como nos chamados white spaces. Tal proposta pode ser implantada por meio de sistemas mesh sem fio, os quais oferecem inúmeras vantagens, como escalabilidade, auto-recuperação e autogerenciamento. Todavia, a complexidade no tratamento de desempenho devido ao seu próprio caráter dinâmico constitui-se num desafio à engenharia. Este artigo avalia a capacidade de uma rede mesh sem-fio, operando em diferentes canais de frequência de TV e propõe uma estratégia para a escolha e distribuição das mesmas.

Autores :

Estatatísticas de Acesso

Loading...

Total de visitas: 0
Loading...

Downloads do artigo: 0

Voltar